(84) 4008-9490 Seg-Sex das 8h às 18h

contato@atijuridico.com.br

SIJAF

Blog da ATI

Software jurídico de gestão: quais os requisitos básicos?

requisitos básicos para contratação de um software jurídico

A contratação de um software jurídico de gestão é um passo importante para um escritório de advocacia ou departamento jurídico, especialmente para as bancas mais jovens, cujos sócios, em razão do crescimento, buscam soluções para otimizar os processos internos de trabalho, capazes de gerar informações valiosas para a tomada de decisões estratégicas.

A fim de ajudar nessa tomada de decisão sobre qual software jurídico contratar, elaboramos uma lista com os itens que devem constar em um software de gestão. São requisitos básicos para que o sistema escolhido cumpra com seu papel, qual seja: otimizar a gestão legal, aumentando a produtividade e rentabilidade da organização.

Requisitos básicos que devem ter um software jurídico de gestão

– Possuir layout amigável e intuitivo. Ao contratar um software de gestão, não se espera ter que lidar com layouts que lembrem planilhas do Excel;

– Atender aos critérios de segurança da informação, integrações e automatização;

– Oferecer mobilidade e praticidade no acesso às informações; o SIJAF, software de gestão da ATI Jurídico, conta com o SIJAF MOBILE, recurso que disponibiliza as publicações oficiais e andamentos processuais via navegadores WEB para smartphones;

– Ser 100% WEB, não requerendo instalação em máquina, necessidade de contratação de servidor ou espaço em datacenters. Mais segurança para as informações;

– Contar com extensa gama de relatórios e gráficos gerenciais, fundamentais para a gestão e, conseguintemente, tomada de decisões estratégicas;

– Possuir uma estrutura de sistema baseada em workflow para automatização de processos e monitoramento e redirecionamento de tarefas, além de facilitar customizações;

Permitir a gestão por papéis, com controle de permissões de acesso ao sistema e suas funcionalidades, ou seja, poderão ser dadas permissões específicas para cada usuário, a depender da função desempenhada;

Fazer checagens da validade de informações como números de documentos, contribuindo para a integridade dos dados cadastrais;

– Possibilitar a gestão de documentos integrada e associada às pastas processuais;

– Fazer a captura das publicações oficiais, em todo o território nacional, disponibilizando-as em tempo real, em módulo próprio, possibilitando gerenciar as publicações recebidas, agendar compromissos, prazos e mesmo criar novos processos a partir delas;

Realizar o controle dos trabalhos com os escritórios, permitindo maior integração de informações, andamentos processuais, custas e pareceres, além de facilitar o processo de pagamento das demandas terceirizadas;

– Contar com sistema financeiro agregado ao Jurídico, auxiliando o provisionamento das ações e o controle de honorários, dos pagamentos, de depósitos e das atualizações financeiras dos processos;

– Contar com módulo financeiro próprio;

– Permitir a administração de risco, baseada nos controles de provisão e de recuperação de crédito;

Permitir simulações e projeção de valores para provisionamento com fotografia de dados por competência, o que permite comparativos entre fechamentos de provisões;

O software de gestão escolhido tem ampla experiência no mercado, já tendo sido testado e aprovado em grandes projetos e apresenta inúmeros cases de sucesso, em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de empresas.

Advogados e gestores jurídicos sabem da importância da gestão estratégica para o crescimento das bancas advocatícias, daí a necessidade de contar com um software jurídico de gestão integrado e colaborativo, que atenda toda a organização, de forma digital, 100% WEB, com praticidade e mobilidade.

Saiba mais sobre o software jurídico de gestão SIJAF, fale com um dos nossos consultores pelo chat ou ligue (84) 4008-9490.

ebook gratuiro Planejamento estratégico para escritórios de advocacia

Deixar uma Resposta



POCKET JURÍDICO